Press release

Press release

Khadro Ling – um pedaço do Tibete na Serra Gaúcha.

Quem somos

O Chagdud Gonpa Brasil é uma organização sem fins lucrativos destinada ao estudo e prática do Budismo Tibetano. Sua sede, fundada em 1995 pelo mestre tibetano Chagdud Tulku Rinpoche (1930–2002), chama-se Khadro Ling e fica no topo da montanha na cidade de Três Coroas (RS), a 32 km de Gramado.

Nas terras do Khadro Ling há um La Kang, um templo construído e ornado dentro das tradições artísticas tibetanas. Além de abrigar retiros e cerimônias budistas, o templo principal e outros monumentos do lugar – como estátuas, estufas, rodas de oração e uma réplica de uma Terra Pura – estão abertos à visitação pública.

Turismo

Pela exuberância da arte sacra tibetana e pela beleza natural do entorno, o Khadro Ling entrou no roteiro turístico da Serra Gaúcha. Quando Chagdud Rinpoche idealizou o templo, ele não tinha a intenção explícita de criar uma atração turística. No entanto, sempre disse que construiu o templo para inspirar positivamente todos os visitantes, independentemente de suas crenças ou tradições religiosas.

Moradores

Uma comunidade de praticantes budistas mora no Khadro Ling. Eles são responsáveis pela manutenção das atividades e dependências do centro por meio de trabalho voluntário. Como é comum em algumas tradições do budismo tibetano, a comunidade não é monástica, e sim leiga. Ou seja, as pessoas podem manter relacionamentos, casarem-se, ter filhos, formar uma família.

Nossos professores

A diretora espiritual do Khadro Ling é Chagdud Khadro, viúva de Rinpoche, que foi sua aluna durante mais de duas décadas. A ela cabe a orientação espiritual dos praticantes, a condução de cerimônias e decisões administrativas do dia-a-dia. Lama Sherab Drolma, que foi tradutora e atendente pessoal de Chagdud Rinpoche ao longo de dez anos, auxilia Chagdud Khadro nessas tarefas.

Precisa de mais informações ou imagens em alta-resolução? Entre em contato.